19/09/2018 | Bem Estar Social - Beneficios

Mais de 1400 beneficiários BPC podem perder o benefício

Secretaria do Bem-Estar procura 1468 beneficiários do Benefício de Prestação Continuada (BPC) que ainda não estão registrados no Cadastro Único (CadÚnico). Ainda faltam 673 idosos e 795 pessoas com deficiência para realizar o cadastro.

O beneficiário que não regularizar a situação por meio do registro no Cadúnico terá o benefício suspenso. A determinação é do Ministério do Desenvolvimento Social –MDS e do Instituto Nacional do Seguro Social – INSS. A medida visa combater irregularidades no pagamento do BPC/Loas.

A atualização do cadastro é anual ou quando houver alteração nos dados cadastrais. O atendimento é feito pessoalmente na Praça das Cerejeiras, 1-28, em frente à prefeitura, ou por meio dos telefones: 3223-2849 ou 99161-0967. Caso o beneficiário comprove a impossibilidade de locomoção a inscrição pode ser feita por um familiar, apresentando a documentação pessoal de todas as pessoas que moram na residência.

O BPC assegura o pagamento de um salário mínimo mensal para pessoas a partir de 65 anos de idade ou pessoas que comprovem, através de avaliação médica e social do INSS, impossibilidade de garantir o próprio sustento devido deficiências física, mental, intelectual ou sensorial. A renda mensal familiar per capita deve ser inferior a um quarto do salário mínimo vigente

Segue a documentação de todos os membros da família necessária para preenchimento e atualização do CadÚnico:

? MAIORES DE 18 ANOS: RG,CPF,Título de Eleitor,Carteira Profissional,Holerith atual;
? MAIORES DE 16 ANOS: RG,CPF, Carteira Profissional,Holerith atual, declaração escolar;
? MENORES DE 15 ANOS: Certidão de Nascimento, RG, CPF e Declaração Escolar;
? Aposentados e Pensionistas: documentos pessoais mais o número do benefício e extrato do INSS;
? Crianças que não sejam filhos: Termo de Guarda do responsável pela criança.
? Comprovante de Endereço atual.