13/09/2018 | Desenvolvimento Econômico, Turismo e Renda, Gabinete

Prefeito Gazzetta recebe comitiva de chineses para discutir possibilidades de investimentos em Bauru

O prefeito Clodoaldo Gazzetta e o vice-prefeito Toninho Gimenes participaram nesta tarde de reunião com investidores chineses.

Estiveram também no encontro representantes da Câmara Comercial e de Relações Econômicas e Culturais Brasil China, Shie Kuang e Cláudio Yamada, o empresário chinês Zhang Guanchao, a Secretária Municipal de Desenvolvimento Econômico, Aline Fogolin e o Diretor do Departamento de Indústria, Paulo Tebaldi.

Entre as pautas da reunião constaram possibilidades de investimentos e parcerias relativas às ferrovias, habitação e desenvolvimento regional. Este último assunto contou com a participação de representantes regionais do Departamento Aeroviário do Estado de São Paulo (Daesp), Ana Lúcia Ribeiro e José Benedito Stanzione. No encontro, os representantes do Daesp reforçaram a importância do Aeroporto Moussa Tobias como ferramenta necessária para o desenvolvimento de ações voltadas para exportação e novos negócios.

Aline Fogolin reforçou que “Bauru encontra-se em um momento muito oportuno para que seja feita uma conexão entre equipamentos importantes de logística e desenvolvimento no nosso município. Por ser um polo universitário, receber empresários e contar com o Porto Seco (Estação Aduaneira do Interior – EADI) e o Aeroporto Moussa Tobias, a cidade atrai olhares de possíveis investidores”.

A secretária ponderou ainda que Bauru precisa investir ainda mais em suas opções de geração de novos negócios. “O município é um polo regional importante, um polo universitário que recebe tanto universitários quanto também empresários, e, sobretudo, é uma cidade que fica no centro do estado de São Paulo, e, por isso, precisa investir ainda mais em suas opções de geração de novos negócios”, concluiu.

Bauru já havia participado de um evento com os chineses no mês de maio deste ano. Uma nova negociação está prevista para ocorrer nos próximos 90 dias, prazo necessário para que estudos de impacto econômico possam servir de base para os investimentos chineses.



Prefeito Gazzetta recebe comitiva de chineses para discutir possibilidades de investimentos em Bauru